facebook-ads

Facebook Ads FAQ’s and Facts

É comum surgirem questões sobre o Facebook Ads, o seu potencial e as suas limitações. A melhor forma de explicar uma plataforma online é equiparar o seu funcionamento se existisse no mundo offline. Imagine que é dono de uma loja de calçado. Vamos considerar 3 situações hipotéticas de contacto com potenciais clientes.

Muitas pessoas passam pela sua loja, olham para a montra, mas não chegam a entrar. O quão bom seria para o seu negócio se lhes conseguisse comunicar a sua próxima campanha?

Alguém entrou na sua loja, experimentou umas botas de cano alto em pele e saiu. Imagine que podia enviar a essa pessoa todos os seus produtos em pele?

No último mês 100 dos seus clientes praticavam equitação. E se conseguisse comunicar com todos os equitadores da sua área sem sair ''de casa''?

É exatamente isto que o Facebook faz no mundo online. Quando alguém visita o seu website ele associa a ação ao ID da pessoa. Isto permite a segmentação de públicos por ações que fizeram no seu site, ações que não completaram, gostos e até por terem gostos e comportamentos parecidos com os seus clientes. Esta é a génese e conceito da plataforma. Agora que percebemos o que é o Facebook Ads, vamos entender melhor como funciona.

O que é o Facebook Pixel e porque é que é importante?

Comecemos pelo Facebook enquanto rede social.
Mais de 6 milhões de portugueses estão nesta rede social, isto é equivalente a 62% da população do país.

O Pixel do Facebook é um código composto por duas partes. A primeira é fixa e transversal a todas as páginas do website. A segunda depende do evento que queremos trackear e pode ser diferente consoante a campanha em questão.
Sem entrar em detalhes técnicos, o importante é que esta plataforma permite-nos conhecer, com grande detalhe, o comportamento dos nossos clientes e visitantes.

Exemplo: Criamos uma campanha que está a correr há 4 meses.

Gastamos 400€ | 4000 cliques | vendemos 1000€
À primeira vista ficamos com a ideia que a campanha está a ter sucesso. No entanto, com o pixel conseguimos saber quantas dessas vendas vieram através da campanha em questão. Imaginemos que o pixel nos diz que dos 4000 clicks só uma pessoa comprou e gastou 50€. Ficamos assim a perceber que afinal esta campanha específica deu 350€ de prejuízo e precisa de ser alterada.

Onde vai aparecer a publicidade que fiz no Facebook Ads e como?

O objetivo do Facebook Ads é chegar às pessoas onde elas estão. No entanto não publicita só no Facebook.

A sua publicidade pode aparecer no Audience Network, Facebook, Instagram, Messenger, Workplace e em Aplicações. Há várias opções é uma questão de selecionar a melhor para si.

Pode publicitar em imagens, video, carroussel, apresentação slides (vantajoso para pessoas com baixa velocidade de internet), coleção e mensagem.

Que tipos de campanhas e eventos posso fazer?

Campanhas de remarketing são a especialidade do Facebook Ads. Podemos chegar às pessoas que já interagiram connosco consoante a interação. Por exemplo, fazer uma publicidade só para quem adicionou ao carrinho mas não chegou a comprar.

Campanhas de remarketing tem 70% mais probabilidade de converter, taxa de cliques 10 vezes mais elevada e as pessoas gastam 5 vezes mais.


Conseguimos ainda rastrear com detalhe as conversões quer sejam uma compra, lead, ou entrada na mailing list. Os eventos que pode escolher ter em conta são: ver conteúdo, procurar no site, adicionar ao carrinho, adicionar à wishlist, comprar e enviar um registo.

Quais são as propriedades únicas no Facebook Ads?

Há duas funções do Facebook Ads que merecem destaque: a capacidade de se auto-melhorar e o lookalike.

Quando temos uma campanha a correr há um público alvo definido. O Facebook ao longo do tempo vai, sozinho, perceber que perfil de pessoas estão a responder melhor à campanha e começar a mostrar mais publicidade a essas pessoas.

O lookalike está ainda um patamar acima. Quando pedimos ao Facebook que crie um  publico de lookalikes ele vai pegar no perfil das pessoas que estão a responder bem à publicidade e criar um público com características semelhantes que nunca interagiram com a página.

Fica muito caro?

Não, os anúncios do Facebook são adaptáveis ao seu orçamento. Pode começar com valores baixos e obter resultados. Não é por gastar menos que o Facebook vai prejudicar a sua campanha, muito pelo contrário. Pense que só paga quando as pessoas clicam, logo se não tiver sucesso não está a gastar dinheiro e consequentemente o Facebook não está a receber.

Tem dúvidas sobre o potencial dos anúncios facebook?

Se chegou até aqui dê o próximo passo e entre em contacto connosco.